quinta-feira, 4 de junho de 2020

Lamborghini com motor AP - um projeto inusitado e bem executado!

Clique acima e assista a detalhes da Lamborghini com motor "AP" 20v Turbo

O Blog do Passatão mostra com exclusividade este surpreendente projeto que já tinha alguns registros esparsos pela internet: a Lamborghini Gallardo LP520 de corrida que teve colocado um motor Audi 20v Turbo (da família do famoso motor VW AP) no lugar do V10 original, trabalho conjunto da Mottin Racing, Dacar Motorsport e Pro Tune.

Trata-se de um projeto muito bem executado, e surpreende por ser basicamente "plug and play" em muitos aspectos. O carro vai competir no Campeonato Gaúcho de Super Turismo, na categoria GT.

Bueno, chega de papo e mata a tua curiosidade, fomos na oficina e mostramos detalhes da preparaçao do carro, e assim que ele for para pista vamos mostrar que ele anda muito bem!

Clique lá no vídeo do início da postagem, coloque em tela cheia e mate sua curiosidade!


domingo, 31 de maio de 2020

A Lamborghini #99 e os treinos em Tarumã

O V10 da Lamborghini #99 URROU em Tarumã

Aos poucos as coisas vão voltando a acontecer, com todos os devidos cuidados exigidos pela atual realidade pandêmica.  Os treinos voltaram a acontecer em Tarumã, que já teve suas melhorias concretizadas.


Senta o dedo no play, mete fone de ouvido e o volume no talo para ouvir a sinfonia no V10

E a gurizada da Lamborghini Gallardo LP600+ V10 #99 de Arthur Caleffi/Júlio Martini/Rodrigo Lemke, que compete na categoria GT3 Light do Endurance Brasil, aproveitou para conhecer mais e "pegar a mão" do carro, andando pela primeira vez no autódromo. Veja o vídeo de uma volta, com combinação de câmeras, acima.



Além da Lambo, que fez ecoar o urro do seu V10 de 600cv pela região, tivemos também o Linea #199 do Gaúcho de Super Turismo, também de Rodrigo, e de seu irmão Marcelo Lenke, e alguns carros da Turismo 1.4 RS (antigo Marcas 1.4), categoria que está sempre presente nos treinos. O vídeo acima mostra uma palhinha da sexta ensolarada em Viamão.

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Autódromo de Rivera ganhará boxes e outras melhorias

Projeção das novidades em Rivera

Sempre passando por melhorias, foram anunciadas novas implementações no Autódromo Eduardo P. Cabrera, em Rivera (UY), que faz fronteira com o Brasil em Santana do Livramento, em matéria divulgada no site alvolante.com.uy.

Estrutura de boxes atual é temporária

Projeção do prédio dos boxes

O autódromo existe desde 1951, e teve nos anos 80 e 90 o seu auge, inclusive recebendo muitas equipes gaúchas nas suas competições. Posteriormente, com o abandono da estrutura, ficou fechado até 2013, quando foi reinaugurado com o traçado alongado, pista mais larga e outras melhorias. Inclusive a Copa Classic RS foi a primeira categoria brasileira a correr lá, já na reinauguração, passando a ser mais uma boa opção de entretenimento na região, além dos freeshops e parrillas.

Projeção da vista do paddock aéreo para o restaurante dos boxes

Maria Eugenia Romero, secretária da APRILI (Associação de Pilotos Rivera Livramento), revelou em entrevista que será construído o prédio dos boxes (atualmente são montadas tendas quando há eventos), centro médico, uma ponte que ligará a área de boxes à torre e área do público, restaurante em ambas as áreas, além de banheiro fixo na área de público.

Excelente notícia para os automobilistas uruguaios e gaúchos, que costumam ter etapas dos seus campeonatos lá, com a ponte do uruguaio radicado no RS, Jhonny Bonilla, que coordena os eventos no Eduardo P. Cabrera e foi um dos que meteu a mão na massa no seu renascimento. Agora é só esperar que as coisas voltem ao normal (e tá difícil, o tal "coronga" deu uma bela rasteira num ano automobilístico que prometia muito).

Veja a entrevista e matéria desta excelente notícia lá no site AL VOLANTE!

quarta-feira, 27 de maio de 2020

Passat Flecha 2020 - Rodas e pneus novos

Tinha feito este videozinho dando um giro pelo Passat Flecha, para mostrar como ficou o novo visual para 2020, com novas rodas aro 15, e novo modelo de pneu.

Ta aí! Agora só falta ter corrida...

quinta-feira, 14 de maio de 2020

Jhonny Bonilla pilotou uma Benetton!

Jhonny Bonilla com sua "Benetton": participação relâmpago, mas vitoriosa.

Calma, claro que não foi uma F1. Mas o uruguaio radicado no Brasil, Jhonny Bonilla, um batalhador do automobilismo (piloto de kart, já gerenciou o kartódromo de Tarumã, o Velopark e atualmente o Autódromo de Rivera, além de revendedor dos pneus NA Carrera) teve uma experiência relâmpago no automobilismo, história que a maioria de nós desconhecia.

O "peitaço" foi na Fórmula Ford, e ele conquistou na raça um patrocínio da loja Benetton, fez carteira de piloto, estreou e venceu! Mas vamos deixar que ele conte esta história muito legal, que emociona a todos que sabem a dificuldade que é batalhar para sentar e acelerar um carro de corrida:

"Era 1989 década brilhante de Piquet , eu corria de kart a muitos anos e sonhava com um dia sentar em um carro de corridas , eu tinha um amigo famoso Preparador de motores de Fórmula Ford , o Kali que trabalhava uma época para o Djalma Fogaça , ele tinha um Fórmula na oficina e me encorajou a correr uma prova no final de 1989!


Eu não tinha como , não era muito barato, mas.... pensei muito e pedi a ele o carro emprestado para eu tentar mostrar e levantar um patrocínio , na hora mandou buscar a barata, e mandou me virar .

Tive uma ideia maluca , e fui em frente , a Benetton estava em evidência no Brasil e o Piquet está ainda em destaque , a Benetton tinha inaugurado no Iguatemi de Porto Alegre uma loja e aí que coloquei meu plano em ação !!!



Levei o carro na empresa da minha família e pintei todo o carro o mais parecido possível com o carro da Fórmula 1 , fui no cartório da minha cidade que tinha uma máquina de xerox que aumentava as letras , letra a letra recortei , comprei contact e com papel carbono fiz os logos kkkkk , um dia à tardinha com o carro decorado Benetton e mais uns parceiros que tinha no kart , apareci no Iguatemi e entrei na loja pedi para falar com o gerente , convenci ele a ir no estacionamento para ver uma coisa !!! Era uma moça a Lourdes , ela meio a contra gosto foi sem entender muito o que estava acontecendo , quando viu o carro não podia acreditar kkkk ficou enlouquecida foi muito legal.

Aí logo chamou todo o pessoal da loja para ir ver foi uma sensação o carro , Pois e ,adivinhem consegui o patrocínio que faltava para participar da prova .




Com o patrocínio na mão eu tinha outro desafio , a corrida seria em uma semana e eu nunca tinha andado no carro , só tinha acelerado kart na minha vida então tinha que passar por uma escola de pilotagem para aprovar minha participação ! Aí foi tudo na coragem e na pressão , combinei com o Evaldo Quadrado e fomos na quinta da corrida para Guapore , só tinha uma chance que era passar no teste e ainda andando no carro pela primeira vez.




O Professor Quadrado foi legal me falou: "Ô meu ,não te mata ok vai na manha kkkk ", dei umas 3 voltas devagar e comecei acelerar mais forte , para quem vinha do kart o Fórmula se tornava um tanto dócil e não muito difícil , depois de umas 10 voltas ele me parou no Box para baixar a Adrenalina e me falou: "cara tudo certo .... estás com a carteira na mão." Ufa!


O grande momento! Bandeira da vitória.

P1 para nosso "uruguaiúcho"

Foi uma loucura que fiz sem duvida coisa de Guri , mas o mais incrível foi que venci a corrida na minha estreia , tive um ótimo desempenho e também sorte por uns mais rápidos que tiveram alguns problemas mas eu estava lá recebendo o P1 depois de uma odisseia !!!


Matéria no Jornal Vale do Sinos, 09/08/1989

Foi esta prova de 1989 na Fórmula Ford que me levou depois a participar das 12 horas de Tarumã no mesmo ano, a esperança seria 1990 vir com tudo para correr de Fórmula , foi aí que um tal de Collor veio com um plano econômico na época que deixou todos com R$ 50!!! Estava muito difícil para todos tipo agora .... aí tomei uma decisão: "Vou parar de correr, mas trabalharei com automobilismo". Logo contarei novos passos a partir de 1990!

Sabem de uma coisa não me arrependo da decisão ,como chefe de equipe de kart , gestão de Kartodromos , gestão de Autodromos e realização de obras me realizo permanente no esporte que mais amo ! O nosso ! O Automobilismo

Abraço, Racers!!"

A participação nas 12 Horas de Tarumã daquele ano (1989) foi no Voyage, em parceria com Paulo Höher e Adalírio Verbian (estreante), o resultado foi um 12º geral e 3º na categoria.

Nestes tempos de pandemia, nada melhor do que relembrar história para não deixar "a roda parar"! Ainda mais uma história do automobilismo raiz, realidade da maioria de nós, dos  regionais, que conta os pilas" pra correr, numa eterna batalha. Valeu, Jhonny!

Fotos: Arquivo pessoal/Jhonny Bonilla

segunda-feira, 11 de maio de 2020

Niltão Amaral participa do podcast 300 por Hora sobre o panorama do automobilismo gaúcho em 2020


Niltão Amaral participa do podcast 300 Por Hora (que também foi ao ar na Rádio Guaíba no último sábado), analisando o panorama do automobilismo gaúcho 2020 frente à paralisação das atividades devido à pandemia do novo Coronavírus, e sobre a possibilidade de retorno das atividades.


  Clique acima para ouvir

Com Bernardo Bercht, Gutiéri Sanchez e Flávio Bandeira. Clica aí na janela acima para ouvir.

terça-feira, 21 de abril de 2020

Blog do Passatão no Ar #255 projeta a volta das corridas no RS


Um programa decidido de última hora, na hora do mate, comentou sobre a perspectiva da volta das corridas no ano de 2020. Na verdade o início, visto que o Gaúcho foi suspenso antes de começar.

Assiste aí a versão gravada do programa, que foi ao ar dia 20/04/2020.