quinta-feira, 14 de maio de 2020

Jhonny Bonilla pilotou uma Benetton!

Jhonny Bonilla com sua "Benetton": participação relâmpago, mas vitoriosa.

Calma, claro que não foi uma F1. Mas o uruguaio radicado no Brasil, Jhonny Bonilla, um batalhador do automobilismo (piloto de kart, já gerenciou o kartódromo de Tarumã, o Velopark e atualmente o Autódromo de Rivera, além de revendedor dos pneus NA Carrera) teve uma experiência relâmpago no automobilismo, história que a maioria de nós desconhecia.

O "peitaço" foi na Fórmula Ford, e ele conquistou na raça um patrocínio da loja Benetton, fez carteira de piloto, estreou e venceu! Mas vamos deixar que ele conte esta história muito legal, que emociona a todos que sabem a dificuldade que é batalhar para sentar e acelerar um carro de corrida:

"Era 1989 década brilhante de Piquet , eu corria de kart a muitos anos e sonhava com um dia sentar em um carro de corridas , eu tinha um amigo famoso Preparador de motores de Fórmula Ford , o Kali que trabalhava uma época para o Djalma Fogaça , ele tinha um Fórmula na oficina e me encorajou a correr uma prova no final de 1989!


Eu não tinha como , não era muito barato, mas.... pensei muito e pedi a ele o carro emprestado para eu tentar mostrar e levantar um patrocínio , na hora mandou buscar a barata, e mandou me virar .

Tive uma ideia maluca , e fui em frente , a Benetton estava em evidência no Brasil e o Piquet está ainda em destaque , a Benetton tinha inaugurado no Iguatemi de Porto Alegre uma loja e aí que coloquei meu plano em ação !!!



Levei o carro na empresa da minha família e pintei todo o carro o mais parecido possível com o carro da Fórmula 1 , fui no cartório da minha cidade que tinha uma máquina de xerox que aumentava as letras , letra a letra recortei , comprei contact e com papel carbono fiz os logos kkkkk , um dia à tardinha com o carro decorado Benetton e mais uns parceiros que tinha no kart , apareci no Iguatemi e entrei na loja pedi para falar com o gerente , convenci ele a ir no estacionamento para ver uma coisa !!! Era uma moça a Lourdes , ela meio a contra gosto foi sem entender muito o que estava acontecendo , quando viu o carro não podia acreditar kkkk ficou enlouquecida foi muito legal.

Aí logo chamou todo o pessoal da loja para ir ver foi uma sensação o carro , Pois e ,adivinhem consegui o patrocínio que faltava para participar da prova .




Com o patrocínio na mão eu tinha outro desafio , a corrida seria em uma semana e eu nunca tinha andado no carro , só tinha acelerado kart na minha vida então tinha que passar por uma escola de pilotagem para aprovar minha participação ! Aí foi tudo na coragem e na pressão , combinei com o Evaldo Quadrado e fomos na quinta da corrida para Guapore , só tinha uma chance que era passar no teste e ainda andando no carro pela primeira vez.




O Professor Quadrado foi legal me falou: "Ô meu ,não te mata ok vai na manha kkkk ", dei umas 3 voltas devagar e comecei acelerar mais forte , para quem vinha do kart o Fórmula se tornava um tanto dócil e não muito difícil , depois de umas 10 voltas ele me parou no Box para baixar a Adrenalina e me falou: "cara tudo certo .... estás com a carteira na mão." Ufa!


O grande momento! Bandeira da vitória.

P1 para nosso "uruguaiúcho"

Foi uma loucura que fiz sem duvida coisa de Guri , mas o mais incrível foi que venci a corrida na minha estreia , tive um ótimo desempenho e também sorte por uns mais rápidos que tiveram alguns problemas mas eu estava lá recebendo o P1 depois de uma odisseia !!!


Matéria no Jornal Vale do Sinos, 09/08/1989

Foi esta prova de 1989 na Fórmula Ford que me levou depois a participar das 12 horas de Tarumã no mesmo ano, a esperança seria 1990 vir com tudo para correr de Fórmula , foi aí que um tal de Collor veio com um plano econômico na época que deixou todos com R$ 50!!! Estava muito difícil para todos tipo agora .... aí tomei uma decisão: "Vou parar de correr, mas trabalharei com automobilismo". Logo contarei novos passos a partir de 1990!

Sabem de uma coisa não me arrependo da decisão ,como chefe de equipe de kart , gestão de Kartodromos , gestão de Autodromos e realização de obras me realizo permanente no esporte que mais amo ! O nosso ! O Automobilismo

Abraço, Racers!!"

A participação nas 12 Horas de Tarumã daquele ano (1989) foi no Voyage, em parceria com Paulo Höher e Adalírio Verbian (estreante), o resultado foi um 12º geral e 3º na categoria.

Nestes tempos de pandemia, nada melhor do que relembrar história para não deixar "a roda parar"! Ainda mais uma história do automobilismo raiz, realidade da maioria de nós, dos  regionais, que conta os pilas" pra correr, numa eterna batalha. Valeu, Jhonny!

Fotos: Arquivo pessoal/Jhonny Bonilla

segunda-feira, 11 de maio de 2020

Niltão Amaral participa do podcast 300 por Hora sobre o panorama do automobilismo gaúcho em 2020


Niltão Amaral participa do podcast 300 Por Hora (que também foi ao ar na Rádio Guaíba no último sábado), analisando o panorama do automobilismo gaúcho 2020 frente à paralisação das atividades devido à pandemia do novo Coronavírus, e sobre a possibilidade de retorno das atividades.


  Clique acima para ouvir

Com Bernardo Bercht, Gutiéri Sanchez e Flávio Bandeira. Clica aí na janela acima para ouvir.

terça-feira, 21 de abril de 2020

Blog do Passatão no Ar #255 projeta a volta das corridas no RS


Um programa decidido de última hora, na hora do mate, comentou sobre a perspectiva da volta das corridas no ano de 2020. Na verdade o início, visto que o Gaúcho foi suspenso antes de começar.

Assiste aí a versão gravada do programa, que foi ao ar dia 20/04/2020.

quinta-feira, 9 de abril de 2020

Um novo tempo: Tarumã inicia obras solicitadas pela CBA!

Começaram as obras em Tarumã!

Páscoa é tempo de renovação. Não haveria época mais propícia para iniciarem as melhorias no Autódromo de Tarumã, ainda mais no ano do seu cinquentenário!

O novo tempo iniciado no ano passado, com a entrada da nova administração do Automóvel Clube do Rio Grande do Sul (ACRGS), vem a atender um importante pleito necessário para que o autódromo volte a sediar provas de categorias nacionais, como Stock Car e Copa Truck.

Primeira obra é o recapeamento de parte da reta, e curva 1

Na manhã desta quinta (09) as máquinas já começaram a primeira fase dos trabalhos, que deve durar aproximadamente 10 dias úteis. Entre as melhorias, estão: o recapeamento da camada asfáltica de parte da reta até a curva 1, e a construção de 200 metros de muros de contenção com ampliação das áreas de escape, principalmente nas curvas do laço e 9, além de melhorias na área de escape da curva 1 e aplicação de manta de borracha nas barreiras de pneus. Também as lavadeiras sofrerão revitalização e adequação em todo o traçado, além de ajustes pontuais em área de box.

Aumento da área de escape e construção de muro na curva 9

Toda a obra realizada pelo Automóvel Clube do Rio Grande do Sul conta com o apoio da Federação Gaúcha de Automobilismo e Confederação Brasileira de Automobilismo que não pouparam esforços no apoio à revitalização de Tarumã.

"- É uma alegria imensa ver o início das obras para todos nós que batalhamos para que elas se tornassem realidade. É um presente que Tarumã dá, no ano que completa 50 anos, a todo fã de velocidade no estado e país, é a nossa volta ao calendário nacional e estamos todos torcendo para que a situação que enfrentamos passe logo e que possamos aproveitar tudo que o ano nos promete. Temos muito o que agradecer à FGA e CBA pelo empenho em buscar junto com a gente todas as soluções para a realização desta tão importante obra." - Rodrigo Machado, presidente do ACRGS ao presenciar o início das obras.

Acompanhe o andamento das obras aqui no Blog do Passatão e nas redes sociais do Autódromo de Tarumã e 12 Horas de Tarumã!

Com informações de Erlon Radl/ACRGS

quarta-feira, 1 de abril de 2020

Arquivos de Betão Machado


Lancei um desafio no FACEBOOK DO BLOG DO PASSATÃO com a foto acima, e muitos acertaram: o magrão estiloso da foto é o piloto Carlos Alberto Machado, mais conhecido como BETÃO MACHADO, de Gravataí, pai de Rodrigo Machado, atual presidente do ACRGS (Tarumã).






Os registros enviados pelo Rodrigo e digitalizados pelo Erlon Radl mostram provas de kart nos anos 70, em Tarumã e até mesmo na rua, em Gravataí, bem como um Opalão acelerando também numa prova de rua (provavelmente arrancada) em Gravataí. O pai de Betão, João Machado, foi um dos pioneiros da cidade da grande Porto Alegre no automobilismo.


Maverick que Betão dividia com Rodyvan

Nos início dos anos 80, Betão correu primeiramente com um Maverick de rua (foto que ilustra a matéria), depois dividia um Maverick de pista com o amigo gravataiense Rodyvan Möller: Betão usava o carro na Estreantes e Novatos, e Rodyvan corria na Turismo 5000.

Pelo relevo ao fundo, foto em Tarumã

Puxando pelotão, tela cheia de "Opalôn" na curva 1

Esta tudo indica que é nas "taquareiras", fim da reta de Guaporé

Carros da equipe em Guaporé

Clássico guardrail da Ipiranga indica que estamos em Tarumã

Várias 12 Horas disputadas de Opala

Mas foi nos Opalas que Betão Machado fixou sua carreira até o final dos anos 90, com participações no Gaúcho de Opala e várias edições das 12 Horas de Tarumã.

MRX #27 mergulhando na noite de Tarumã, na curva 1

MRX #27 de Rodrigo liderou grande parte das 12 Horas 2015

Onix #27 de Rodrigo Machado

Betão faleceu em 2009, mas o legado segue com Rodrigo pilotando no Marcas, e em provas de Endurance com protótipo MRX Nissan V6 #27 (carro atualmente parado há alguns anos). Na última 12 Horas de Tarumã, em 2019, um Celta e um Onix compuseram a equipe.

Aí está a história de mais uma das lendas do automobilismo gaúcho, que temos a honra de dividir com vocês!

Fotos: Arquivos família Machado

quinta-feira, 26 de março de 2020

Onboard no Gol Honda K20 de Marçal Müller by Dacar/Pro Tune

Clique no vídeo e vamos VOAR nos 3080m de Guaporé com o Gol Honda K20

Um verdadeiro FOGUETE, com um berro que acaricia os ouvidos da gurizada apaixonada pelas carreras!

Aproveite e embarque de carona no Gol Honda K20 #544 de Marçal Müller no treino classificatório das 6 Horas de Guaporé 2019 (valido pelo Campeonato Gaucho de Super Turismo), virando o "temporal" de 1:14.

O carro tem projeto de motor e câmbio by Dacar Motorsport, com eletrônica de competição by Pro Tune e preparação da Giocar Racing.

O Blog do Passatão já mostrou essa nave antes. Leia a matéria e veja o vídeo clicando aqui.

terça-feira, 17 de março de 2020

Faleceu o piloto e preparador Luciano Marx na última madrugada

Faleceu nesta madrugada o piloto e preparador Luciano Marx, vítima de câncer. O incrível Escort CHT #32 montado por ele e o saudoso pai Arlindo foi o último carro de turismo a vencer as 12 Horas de Tarumã 1997 antes do formato adotado em 2019. Em breve divulgaremos as informações das cerimônias. O Blog do Passatão lástima a perda deste amigo e colega de pista.

Como homenagem, deixamos o link para a postagem de 2010 sobre a carreira de Luciano e do seu Arlindo, seu pai. Trata-se de duas lendas do automobilismo gaúcho, com uma linda história.

Porsche Cup: pneu furado prejudica resultado de Marçal Müller

Vamos para a próxima! Foto: Porsche Cup/Divulgação

Um fim de semana para esquecer. Assim foi a estréia do piloto gaúcho Marçal Müller, de Novo Hamburgo, na Porsche Carrera Cup 4.0, em Interlagos (SP).

Os carros tiveram novos apêndices aerodinâmicos para esta temporada, com novo spoiler dianteiro e gurney no aerofólio, que deu mais pressão aerodinâmica, mudando totalmente a guiada. Com essas mudanças, houve pouco tempo para adaptação, o que criou dificuldade para o fim de semana de estréia.

No classificatório, Marçal não conseguiu encaixar as melhores parciais na mesma volta (cujo tempo ideal o colocaria na primeira fila), fazendo com que largasse na oitava posição. Durante a primeira corrida, imprimiu um ritmo forte, na mesma balada dos ponteiros, e já tinha ganhando três posições quando o estouro do pneu traseiro direito na curva do Lago, distante dos boxes, tirou as chances de uma boa colocação.

Na segunda prova era tudo ou nada: largando de último, vinha fazendo ultrapassagens quando, após um toque de corrida, o carro acabou desalinhado, não permitindo que evoluísse na escalada do grid, terminando em oitavo.

"Foi um fim de semana para esquecer. Espero conseguir que esta etapa fique para descartes, ou seja, para ter chances de brigar pelo campeonato não podemos mais ter problemas ou erros daqui pra frente", disse o piloto.

Marçal Müller sai da primeira etapa ocupando a 10ª colocação no campeonato, com 10 pontos. A próxima etapa está prevista para 18 de abril, em Goiânia.

O piloto tem o patrocínio de Patrus Transportes, Frigorífico Zimmer, Grafotec, Inox Piratini, De Conto, Intensidade Máxima Mega Store, Corsa Racing, Dacar Motorsport e L.A. Custom.

segunda-feira, 16 de março de 2020

Abertura do Gaúcho de Velocidade adiada por tempo indeterminado

Adiado o início do Gaúcho de Velocidade

E seguindo as recomendações mundo afora, a CBA determinou nesta segunda (16) a paralisação de todas as provas automobilísticas por tempo indeterminado, devido ao Corona Vírus (COVID-19).

Assim sendo, com a orientação replicada pela FGA, o clube organizador, Automóvel Clube do Rio Grande do Sul (ACRGS), adiou a realização da abertura do Gaúcho de Velocidade (Turismo 1.4 e Copa Classic) que seria realizada no próximo fim de semana no Autódromo de Tarumã, até que haja nova determinação das entidades que comandam o esporte a motor.

Veja a nota do ACRGS, abaixo:

"Comunicado do Automóvel Clube do Rio Grande do Sul sobre a abertura do Gaúcho de Velocidade

Amigos,
Como já de conhecimento de todos, não apenas nosso estado e país, mas todo o mundo passa por um momento delicado devido a pandemia provocada pelo vírus Covid-19. O esforço deve ser feito por todos para que não tenhamos maiores problemas no futuro.
Nós, do Automóvel Clube do Rio Grande do Sul temos um compromisso com o bem estar de todos os nossos sócios, fãs e praticantes do esporte a motor em nosso estado, por isso iremos acatar e apoiar a decisão da Confederação Brasileira de Automobilismo e da Federação Gaúcha de Automobilismo que determinaram a paralisação dos eventos esportivos em todo país visando mitigar a disseminação do vírus Covid-19.
Portanto, a etapa de abertura do Campeonato Gaúcho de Velocidade, bem como os demais eventos a motor realizados no Autódromo de Tarumã estão adiados até o momento que não haja mais riscos à saúde pública em nosso estado.
Trabalharemos em conjunto com a Federação Gaúcha de Automobilismo para resolver o atraso em nosso calendário da melhor forma possível e nos colocamos a disposição para qualquer esclarecimento ou dúvida.

Rodrigo Machado - Presidente do ACRGS e equipe."

domingo, 15 de março de 2020

40a edição das 12 Horas de Tarumã tem data e formato definidos!

A 40ª edição das 12 Horas deve ampliar o sucesso do formato!

E as 12 Horas de Tarumã, a mais tradicional prova de longa duração do Brasil em atividade ininterrupta há mais de três decadas, já tem data e formato definidos num ano muito especial, em que a prova chega à sua 40ª edição, comemorando também os 50 anos do autódromo.

Blog do Passatão esteve no evento. Assista ao vídeo acima!

Em evento de pré-lançamento da edição 2020, realizada junto à Festa dos Campeões da Federação Gaúcha de Automobilismo (FGA), na última sexta, na Expointer (Esteio) foram feitos importantes anúncios sobre a prova pelo presidente do ACRGS, Rodrigo Machado, a saber:

- FORMATO: está mantido o formato da prova admitindo somente carros Turismo 1.4 (novo nome do Marcas 1.4), uma vez que a edição 2019 provou que o grid foi melhor, e as disputas durante toda a prova mantiveram a atenção do público, com um dos menores índices de abandonos e quebras da história, levando em conta a realidade econômica que exige custos mais baixos para as equipes. Com o formato consolidado, o grid tende a melhorar ainda mais.

- DATA: ficaram definidos os dias 19 e 20 de dezembro para a realização da prova, que permitirá que pilotos das categorias nacionais (além de preparadores gaúchos que lá trabalham) não tenham qualquer conflito de data, viabilizando a participação, uma vez que Stock, Truck e HB20 farão sua final na mesma data em dezembro.

- PATROCINADORES: faltando nove meses para a prova, dois patrocinadores já estão definidos. A ABRO Lubrificantes renovou a parceria, tanto para as 12 Horas quanto para a temporada toda da Turismo 1.4, bem como a Digal Pneus/Dunlop, como fornecedor dos pneus LM704 na medida 185/60 R14, já usados há alguns anos.

- COBERTURA: está confirmada a cobertura do Grupo Band para toda a temporada do automobilismo gaúcho, além das 12 Horas. O programa Band Motores, apresentado na TV e na Rádio Band por Cézar Bresolin, além de outros programas do grupo, seguem abrindo espaço para o automobilismo gaúcho, desta vez durante toda a temporada.

Serão nove meses de muito trabalho, com muitas novidade ainda por vir! Acompanhe tudo durante o ano aqui no Blog do Passatão! Já no "aquece" para a abertura da temporada, com a 1ª etapa do Gaúcho de Velocidade no próximo fim de semana, em Tarumã, dias 21 e 22 de março, com Turismo 1.4 e Copa Classic.

quinta-feira, 12 de março de 2020

Marçal Müller busca seu terceiro título na Porsche Cup

Tá linda a nave do nosso campeão para 2020!

O "bota" gaúcho de Novo Hamburgo, Marçal Müller, está confirmado em mais uma temporada na Porsche Cup, a sensacional e disputada categoria das supermáquinas alemãs!

Primeiro piloto a unificar os títulos da categorias Challenge (2017) e Carrera Cup 4.0 (2019), Marçal aposta na consistência durante a temporada para chegar novamente ao título da categoria principal, sempre focando em marcar os melhores pontos possíveis em todas as etapas, assim como em 2019, quando subiu ao pódio quatro vezes, em 2017, quando conquistou quatro vitórias, além de cinco poles.


O piloto ressalta a importância de ser o mais consistente possível para ter sucesso: "A Porsche Cup é um campeonato “curto” por não termos tantas etapas, cada uma delas é muito importante para a classificação. Tive a estratégia de pensar no campeonato desde o começo, de sempre estar pontuando bem! Acabou que no final a constância me levou ao título que sempre sonhei e que me orgulho muito.”

Marçal contará com apoio de várias empresas nesta temporada, que darão um importante apoio na busca do título: "Agradeço aos meus patrocinadores, que tornaram possível minha presença no grid em mais uma temporada, o que me deixa muito feliz. Vamos com tudo para a primeira etapa!"


A primeira etapa acontece no próximo fim de semana em Interlagos, com a tomada na sexta e as corridas no sábado (14/03), às 10h48 e às 14h13, com transmissão pelo Facebook e Youtube da categoria.

Os patrocinadores de Marçal Müller nesta temporada são: Patrus Transportes, Frigorífico Zimmer, Grafotec, Inox Piratini, De Conto, Intensidade Máxima Mega Store, Corsa Racing, Dacar Motorsport e L.A. Custom.

Acompanhe o desempenho do nosso piloto aqui pelo Blog do Passatão, que terá matérias pré e pós corrida!

segunda-feira, 9 de março de 2020

Turismo 1.4 Brasil está confirmado e será porta de entrada nas categorias de turismo

Turismo 1.4 BR terá regulamento baseado no do gaúcho

E o que comentamos em post anterior virou realidade: a Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) confirmou nesta semana a realização do campeonato Turismo 1.4 Brasil, através da Federação Gaúcha de Automobilismo (FGA), de onde partiu a iniciativa, por meio de seu presidente, Carlos Alberto de Deus, e de Urbano da Silva, diretor de velocidade da entidade.

Baixo custo e competitividade do formato foram provados nas 12 Horas 2019

O regulamento gaúcho, que servirá como base, privilegia a padronização de equipamentos para reduzir custos, facilitar a montagem dos carros e garantir que as disputas sejam parelhas: Motor GM 1.4, ECU (injeção eletrônica), amortecedores e molas são iguais para todos, e de fornecedores específicos no caso de ECU e suspensão. Os modelos de carros incluirão os modernos, produzidos a partir de 2016, tal qual o recém publicado regulamento da Turismo 1.4 RS.

12 Horas de Tarumã será o palco da batalha final da Turismo 1.4 BR

Isto faz com que a categoria seja uma espécie de "porta de entrada" nas categorias de turismo, uma vez que é possível correr com um custo relativamente baixo neste formato, já adotado pela Turismo 1.4 (antigo Marcas e Copa 1.4, desde 2015) e pela própria 12 Horas de Tarumã 2019.

As etapas serão realizadas em Tarumã (RS), Goiânia (GO) e Curvelo (MG), praças que já tem categorias com motores 1.4, e uma das grandes notícias para o RS é que a grande final será disputada dentro das 12 Horas de Tarumã, em dezembro, que deve aumentar ainda mais o grid da mais tradicional prova de longa duração em atividade ininterrupta.

O regulamento está em fase final de elaboração aos cuidados de Mirnei Piroca, Presidente do Conselho Técnico Desportivo Gaúcho, e em breve será divulgado, bem como o calendário da competição.

Mais uma vez, uma categoria formatada em solo gaúcho vira campeonato brasileiro! Clique aqui para ver a notícia no site da CBA.

segunda-feira, 2 de março de 2020

Guaporé Track Day terá cobertura do Blog do Passatão na temporada 2020

GTD é Track Day raiz!

Um dia de pura diversão numa pista oficial de competição, do qual qualquer um pode participar, com qualquer tipo de carro, inclusive o seu de uso diário. Este é o objetivo do GUAPORÉ TRACK DAY, evento "raiz" que vem trazendo dezenas de carros e centenas de motoristas que podem ter um dia de piloto no gostoso traçado do Autódromo Internacional de Guaporé, a 200 km de Porto Alegre.

Sim, tu podes participar com o carro que tu "vai na padaria"!

E neste ano o BLOG DO PASSATÃO fará a cobertura de todos os eventos Guaporé Track Day, mostrando para vocês como é divertido um dia de pista apenas com o objetivo de curtir, sem obrigação de "virar tempo" ou "andar na frente".

O GTD é um track day "old school", com pista aberta o dia todo, durante oito horas, sem categorias. Não há cronometragem, pois isto tira o espírito de diversão de um evento que não tem conotação competitiva.

Gaiola AP Turbo "Foguetinho" da Master Competições

De "Fordinho" CHT raiz...

a "Fordão", tem de tudo!

Qualquer tipo de carro pode andar, apenas estando em bom estado de conservação e com a sinalização em dia. Não é exigido curso de pilotagem. O evento é supervisionado pela Federação Gaúcho de Automobilismo (FGA) e conta com toda a estrutura de sinalização, resgate, equipe médica.

Os pilotos passam por briefing com a direção do evento para conhecer as regras, e devem usar capacete fechado (não pode ser do modelo de queixo exposto), manga longa, calça e calçado fechado. Para caroneiro é exigido apenas capacete.

Evento democrático tem de Gol...

...a Mercedes!

Segundo o coordenador do GTD, Grégori Dai Prá, o evento tende a crescer nesse ano: "Já temos uma média de aproximadamente 45 carros e 150 pilotos por evento, e muitas pessoas tem demonstrado interesse em participar, incluindo o pessoal que participa do GTD Experience, um tempo de pista com valor reduzido durante o evento que serve como "degustação" para quem quer "tirar uma febre" sobre como é andar na pista. Muitos acabam virando participantes frequentes", disse.

GTD Experience: uma "degustação" que cativa os participantes.
Para quem nunca andou em track day e quer ter um "gostinho" de andar na pista antes de decidir a participação completa no evento existe o GTD Experience, uma "janela" com tempo determinado para andar na pista, com valor reduzido. O tempo de participação é das 10 às 11h, e o valor é de R$ 100. Quem gostar e quiser continuar pode pagar a diferença da inscrição e seguir andando normalmente até o fim do evento, ao final da tarde.

Então já temos encontro marcado: 28 de março tem GUAPORÉ TRACK DAY! Estaremos postando algumas coisas ao vivo pelo Facebook e Instagram, e depois o conteúdo virá pra cá e para o YouTube. Serão 5 eventos durante o ano, e a próxima data é divulgada após cada evento.

E curta lá a página do GTD no Facebook para maiores informações e contato. Os valores e informações básicas estão na imagem no topo desta postagem.

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

Turismo 1.4 RS admite modelos novos e substitui o nome Marcas RS

Toyota Etios é um dos novos modelos que competirão

Novidades na categoria que passou a servir de base para a reconstrução das 12 Horas de Tarumã! O até então Campeonato Gaúcho de Marcas passou a ser chamado de TURISMO 1.4 RS, e o regulamento recém publicado traz novidades nos modelos admitidos.

Seguindo a tendência de modernização dos grids, o regulamento 2020 passou a admitir modelos novos, fabricados a partir de 2016. A motorização segue sendo GM 1.4 para todos, independente da marca do carro, porém os carros da chamada classe 1 tem algumas (poucas) diferenças na preparação.

Mas a divisão das categorias continua sendo desportiva, conforme a experiência dos pilotos, independente do carro no qual corram as classe são A, B e N. Há também a categoria Geral, na qual todos estão inscritos.

Modelos Onix já vinham sendo usados no Marcas e 12 Horas

A adesão aos novos carros foi imediata. Além dos Chevrolet Onix, que já vinham disputando, já estão sendo montados (muitos já prontos): Toyota Etios, Hyundai HB20, Voyage G7, Fiat Mobi e Ford New Ka.

Seguindo a tendência da motorização 1.4, que privilegia o baixo custo, está em elaboração o Turismo 1.4 BR, que reunirá principalmente os carros do RS, MG e GO, que já adotam o formato. Assim sendo, as praças da competição tendem a ser Tarumã, Curvelo e Goiânia. O regulamento está sendo formatado e deve ser publicado em março.

E outra novidade sensacional é que as 12 Horas de Tarumã vai valer como final do campeonato Turismo 1.4 BR! Todo esse panorama fortalece ainda mais a prova, que já foi disputada neste formato como sucesso em 2019, então caminhamos para que a 40ª edição da prova de longa duração mais tradicional do Brasil seja histórica, valendo título nacional!

terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

Campeonato Gaúcho de Super Turismo na expectativa para sua quarta temporada

Super Turismo RS vai para sua 4ª temporada

Após calendário e regulamento definidos, agora o clima é de expectativa para o início das disputas.

O Campeonato Gaúcho de Super Turismo vai para a sua quarta temporada consecutiva, abrangendo carros de turismo de vários tipos de carroceria e motorização, bem como os antigos protótipos Aldee (um carro de rua que se transformou em bólido de competição).


E muitas equipes já confirmaram presença, entre elas: a Mottin Racing, que vai com nada menos do que quatro carros, entre eles o Sonic V8 campeão da categoria GT, que deve repetir a dupla de pilotos Humberto Giacomello/André Senger. O campeão da TS, o Linea #199 de Rodrigo/Marcelo Lemke também já está confirmado, bem como o da T2, o Gol #53 de Márcio/Thiago Martins. Já o campeão da T1, o Gol #22 de Ike/Reinaldo Halmenschlager/Catô Belleza confirmou presença nas 6 Horas de Guaporé, até o momento, podendo participar das demais. Na classe TL o vice campeão da temporada passada, o Escort #12 de Jorge Maino/Mauro Vargas já confirmou presença, devendo também ter carros estreantes e uma equipe que migrará de classe: a Brazauto Racing, após acidente com o Uno #95 (campeão das 6 Horas de Guaporé 2018 na classe T2), está montando um Corsa 1.4 equipado com pneus radiais para competir na TL, bem como o Onix #48 de Rocha/Weber/Fontes, que virá da classe T1. O campeão da classe Geral, Marçal Müller e o Gol #544, ainda depende de algumas coincidências de data com a Porsche Cup, onde também foi campeão.


O campeonato continua com cinco etapas, sempre aos sábados, e desta vez a 6 Horas de Guaporé não valerá como três etapas, sendo concedido uma bonificação para aqueles que completarem 75% da prova, tendo data prevista para 19 de setembro. A primeira etapa será em Guaporé, dia 18 de abril, e encerra dia 14 de novembro em Tarumã. Ambas as praças recebem duas etapas, e a segunda ainda está indefinida entre Santa Cruz do Sul ou Rivera (pista inédita para a categoria).

Agora é contagem regressiva! Faltam 68 dias para o começo das peleias.

Veja, abaixo, o calendário:
18/04 - Guaporé
27/06 - Santa Cruz ou Rivera
08/08 - Tarumã
19/09 - 6 Horas de Guaporé
14/11 - Tarumã