segunda-feira, 15 de abril de 2019

Copa HB20: começou bem

Copa HB20 começou bastante disputada (Foto: Rodrigo Ruiz/RR Media)

Num país em que o automobilismo anda cambaleando (e não anda lá grandes coisas no mundo todo, diga-se de passagem), o nascimento de uma categoria é digno de nota. Principalmente quando atrai uma grande montadora, o que é mais raro ainda hoje em dia. Nasceu - e muito bem - a COPA HYUNDAI HB20, no último fim de semana, no Autódromo de Campo Grande.

Carro é baseado na versão RSpec (Foto: Rodrigo Ruiz/RR Media)

Tudo nasceu de um verdadeiro "peitaço" de Daniel Kelemen, piloto e dono de concessionária da marca, que resolveu montar um HB20 para competir na Turismo Nacional BR. A montadora ficou sabendo, e, inicialmente, de uma "bronca" por ter colocado um HB20 para correr sem notificá-los. O caso foi além e, até de forma surpreendente, a Hyundai deu o aval e apoio oficial para o campeonato.

Daniel Kelemen, Fabiano Cardoso, Rafael Lopes e "Bujão"

Desde o início temos um pouco de "chimarrão" no hatch de corrida: o gaúcho Fabiano Cardoso ficou responsável pela montagem da barata, e Alexandre Rheinlander, o "Bujão" ficou responsável pelo motor. A eletrônica do carro também é gaúcha, by PRO TUNE ELECTRONIC SYSTEMS (ECU PR4, dash e driver de ignição IDM6), para gerenciar o motor 1.6 16v que fica com 160cv estimados, calçado com pneus Pirelli P1 de rua na medida 195/55 R15. Montado em tempo recorde na sede da empresa criada para gerenciar o campeonato, a H Racing, em aproximadamente 30 dias os carros foram para a etapa inaugural.

Diego Augusto, 1º vencedor (Foto: Rafa Catelan)

O grid! Raphael Abatte venceu a corrida 2 (Foto: Rafa Catelan)

São oito etapas duplas (16 corridas) junto com a Copa Truck, ao custo aproximado de R$ 200 mil pela temporada (que pode ser dividido entre dois pilotos). O grid inicial de 21 já mostra o sucesso da proposta.


Resultado corrida 1



Resultado corrida 2

A tomada de tempo e as duas baterias foram extremamente equilibradas e com muitas disputas, outro ingrediente interessante. O vencedor da primeira prova foi Diego Augusto, e o da segunda foi Raphael Abatte.

Canal LPVW Brasil AV disponibilizou a transmissão

Bueno, para ver como foi, tem no YouTube o compacto da 1ª corrida e a íntegra da 2ª, clique acima! Para conferir in loco a categoria, a gauchada terá as etapas de Santa Cruz (18/08) e Tarumã (06/10).

Nenhum comentário:

Postar um comentário