domingo, 7 de fevereiro de 2021

Com bom grid, Guaporé Summer Race abriu temporada de velocidade no RS


Guaporé Summer Race deu start nas carreras gaúchas, em grande estilo!

Grid variado, muitas disputas e um bom número de participantes. Com essa receita, Guaporé Summer Race abriu com sucesso a temporada de velocidade no Rio Grande do Sul.

Prova festiva que teve sua primeira edição em fevereiro de 2020, o evento resgata a tradição dos antigos "torneios de verão", que nos anos 90 e parte dos 2000 aconteciam com frequência. Mérito do organizador Telmo Júnior, que movimentou a prova, da Associação Guaporense de Automobilismo (AGA), de Grégori Dai Pra, que ajudou na organização do trackday com excelente número de participantes que completou a programação e de outras muitas pessoas que se dedicaram à realização.

Com duração de 2 horas e utilizando o formato do Campeonato Gaúcho de Super Turismo e da categoria Protótipos RS, o grid era variado e de "encher os olhos": teve desde carros antigos da Copa Classic (Opala, Passat, Voyage e um raro Bianco), carros do formato "Marcas" (Celta, Uno e outros com motores 1.4 e 1.6 com pneus de rua), modelos "silhouette", como a Montana Stock V8 #46 e o estreante "Fuspyder" de Rodrigo Bonora/Igor Taques, um protótipo Spyder com bolha de fibra no formato de Fusca, protótipos com motores 8 válvulas da Protótipos RS, passando por carros de turismo com preparação mais forte como Mercedes CLA 45 AMG, Fiat Linea Turbo, o super Maverick V8 de 500cv, entre outros.

Além da diversidade do grid, o número de carros também surpreendeu: 25 inscritos, excelente para uma época que tradicionalmente os gaúchos "só querem saber de praia". Mas, desta vez, a gauchada mostrou que a nossa praia é o autódromo!

O grid de largada, como forma de incentivar as inscrições e viabilizar a prova, foi feito por ordem de inscrição, e a pole foi sorteada, ficando com o Ford Ka #125 de Giovani/Felipe Pick. Na corrida, alguns abandonos fizeram que as primeiras posições ficassem com os mais consistentes, e não apenas mais rápidos.


Passat Flecha andou forte, mas teve problema de câmbio

E o Passat Flecha esteve no grid, com Niltão Amaral e Anderson Baggio. A evolução do carro ficou comprovada com o melhor tempo de volta:1:26.8 contra 1:31.2 obtidos em 2018, já com a configuração de pneus de rua, mas na época com motor 1.9 com menos preparação, rodas 14x6", pneus 185/60 e outra suspensão, em contrapartida ao atual motor 2.0 com cabeçote mais forte, rodas 15x7" equipados com pneus Dunlop Direzza DZ102 195/50 e 55, e atualmente com suspensão by Xtreme Motorsports. Essa diferença de configuração deixou o carro nada menos que 4,4s mais rápido! Na corrida, vinhamos num ritmo bom e constante, e éramos líderes da cat. TR e 6º geral quando o câmbio travou em 3ª marcha, obrigado a abandonar.


Spyder #2 de Walter Konrad/Fernando Toschi venceu na geral

Nas voltas finais da prova, o Spyder #2 de Walter Konrad/Fernando Toschi vinha liderando, sendo perseguido pelo Linea #31 de Salton/Biancini/Scarton e pela Mercedes #81 de Poeta/Caleffi, mas a corrida acabou com esta ordem, com fita azul para o Spyder.


Resultado final


Resultado por categorias

Nas categorias, as vitórias ficaram com: Linea 31 de Salton/Biancini/Scarton (GT); Opala #71 de Colau/Giacomazzi/Zambon (TS e Opala); Gol #41 de Alexandre/Bruno Romanzini (T1); Voyage #415 de Fabio Cabellera (T2); Ka #125 de Giovani/Felipe Pick (TL), e com o Voyage #717 de Menegaro/Ogino (TR).

O Campeonato Gaúcho de Super Turismo tem seu início previsto para abril, e a próxima edição do Guaporé Summer Race parece certa para fevereiro de 2022.

Fotos: Gregori Dai Prá

Nenhum comentário:

Postar um comentário