segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Copa Classic e Copa Fusca: Show na preliminar

Número de carros inscritos chegou a 28

Categorias se uniram e deram show na preliminar das 12 Horas

Um gostinho dos pegas dos anos 70 pode ser o resumo da prova que uniu a Copa Classic e a Copa Fusca na prova festiva da edição 2011 das 12 Horas de Tarumã. Maverick, Opalas, Passats, Fuscas e Fiats foram os protagonistas de pegas que demonstram toda a velocidade e perícia dos pilotos gaúchos.

A prova ainda rendeu homenagens a duas lendas da velocidade, Chico Feoli e Roberto Giordani que participaram da prova vencida por Leovaldo Petry em um DKW Belcar, reeditando a dupla que participou das 12 horas em 1972.
Na Copa Fusca, Rogério Baretta Xavier venceu a prova em retorno inspirado reeditando o pega que soltou faiscas na temporada 2011 contra Daniel Oliveira.

Abaixo o resultado completo da prova do último sábado:

Pos. No. Nome Carro Categoria

1 302 Leovaldo Petry Maverick V8 FL

2 43 Ramiro Tissot/ Jair Caberlon Opala FL

3 8 Niltão Amaral Passat FL

4 58 Diego Mariante Passat FL

5 147 Rogério Franz Fiat 147 FL

6 2 Rogério Bareta Xavier Fusca Copa Fusca

7 42 Daniel Oliveira Fusca Copa Fusca

8 12 Carlos Guizzo Fusca Copa Fusca

9 36 Nereu Rebecchi Passat B

10 55 Jorginho Flores Fusca Copa Fusca

11 77 Fábio Mincarone Chevette FL

12 74 Fernando Leke/ O. Leke Corcel B

13 14 Paulo Fontes Fusca Copa Fusca

14 220 Noli Ferreira/ Sérgio Rocha Fusca Copa Fusca

15 99 Eduardo Neves Brasília B

16 1 Carlos Ratão Eugênio Carreteira Chevrolet A

17 6 Rodyvan Möller Opala FL

18 88 Roberto Giordani/ Chico Feoli DKW Belcar A

19 47 Jorge Krug Passat B

20 388 Ed Postal/ Giancarlo Scomazzon Chevette B

21 22 Romaldo de Souza Opala FL

22 73 Moisés Rosemberg Puma FL

23 20 Vanderlei Pires Fusca Copa Fusca

24 97 Joel Schumman Chevette FL

25 19 Cássio Grupe Fusca Copa Fusca

26 13 José Tonho Sala Fusca FL

Erlon Radl - Federação Gaúcha de Automobilsimo
Foto: Luís Camaratta

7 comentários:

  1. Julio Cesar Gaudioso12 de dezembro de 2011 08:51

    Niltão:
    Ainda bem que não te feriste. Mas correr a preliminar e depois as 12 horas e achar que não força o equipamento é demonstrar paixão pela máquina!! Prova longa precisa de carro exclusivo. Ano que vem, bota o passatão até o final das 12 horas, como o velho Paré fazia. Mas entendo bem o que é a excitação envolvendo corridas. De qualquer modo, não desiste e toca prá outra, LOGO!!!
    Julio Cesar Gaudioso

    ResponderExcluir
  2. Niltão, gostaria de parabenizar a organização da prova prelimar das 12, na qual participamos com o Fusca FL 19 conduzido pelo meu filho Cássio Grupe, que demonstrou que tem muito automobilismo na veia ultrapassando 16 carros em duas voltas. Infelizmente explodiu o filtro do óleo e não foi possível ir adiante. Abraço forte, Leandro Grupe

    ResponderExcluir
  3. Grande Niltão, parabéns pelo resultado alcançado na etapa preliminar das 12 Horas de Tarumã. Infelizmente houve a quebra na "52 minutos", coisas de corrida. Gostaria de lhe agradecer a atenção que você nos foi dispensou durente nossa passagem por Tarumã. Pena que nossos regulamentos sejam tão diferentes, mas quem sabe um dia possamos andar juntos. Aquele abraço empoeirado.

    ResponderExcluir
  4. Valeu, gurizada!

    O carro é preparado para prova de bateria (Classic), fiquei sabendo da prova sprint das 12 Horas e resolvi instalar a iluminação e ir pra pista para adquirir experiência de largada e de andar no bolo do início, o que valeu E MUITO para uma experiência futura de disputar a prova toda.

    Passatão aguentou uma jornada de pau puro, andei praticamente o tempo todo no limite, virando na casa de 1:19, tanto na Classic quando nas 12 Horas, então o saldo foi bastante positivo na minha opinião!

    Trabalharei desde já para garantir presença no grid do ano que vem, desta vez integral, seja lá com qual carro!

    Abraço a todos e valeu pela torcida e pelo carinho, vi vídeos da largada agora, e foi a coisa mais linda do mundo ver uma sequência PASSAT, FUSCA, OPALA E CHEVETTE disputando a curva 1, minha memória voltou aos anos 80, quando comecei a assistir às 12 Horas. Emocionante!

    ResponderExcluir
  5. Olá Niltão, faço das palavras do Ike as minhas. Foi show de bola assistir a prova e conhecer novos amigos. Todos, e de várias equipes nos receberam muito bem qdo chegávamos pra bater um papo e trocas umas idéias. O Passatão tava um canhão mesmo, gostei tbm do 147 que mandou muito bem, depois fui lá conhecer o preparador, que usa uma receita que eu tbm ja usei na arrancada, motor e carbura do Oggi CSS 1415cc elevado pra 1490. Fica forte mesmo. Quem sabe ano que vem consigamos participar em carater especial, com uns 3 carros daqui, pelo menos para sentir o que é andar no asfalto e promover uma interação entre as Clássicos dos dois estados. Talvez até uns seis carros acho que iriam, entre Uno, voyage, Gol quadrado, Fusca e Zé do Caixão. Nossa mecânica é praticamente original, sendo permitido apenas taxa e coletor de escape livre no caso do Fiat e GM e só taxa nos AP. Andaríamos atrás mas valeria a experiencia. Vamos levar o assunto adiante.
    Um abç
    Marcelo Pacheco
    Uno Scuderia #49
    Floripa/SC

    ResponderExcluir
  6. Niltão, obrigado pela receptividade.
    Assino embaixo das palavras do Ike e do Marcelo.
    Espero recebê-lo aqui na poeira em 2012.
    Abraços empoeirados

    ResponderExcluir
  7. Niltão,

    Assisto as 12 horas a 10 anos, me emocionou ver a prova sprint cheia de carros clássicos.
    O legal é ver carros que "andam nas ruas" mergulhando no tala, lado a lado com os protótipos, e não deixando a dever.

    Eduardo Laux Hentschel - NH

    ResponderExcluir