terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Velopark: Anúncio de mudanças gera incertezas. Gerente de Operações, André de David, desligou-se nesta terça.

Gerente de Operações desliga-se devido a mudanças no Velopark

Nas últimas semanas a comunidade automobilística riograndense foi tomada, novamente, por dúvidas relacionadas à continuidade das atividades no moderno complexo Velopark, em Nova Santa Rita, um dos quatro autódromos do estado, que é o que mais possui pistas de corrida no Brasil.

Durante o recesso do complexo, muitos comentários surgiram. O Blog do Passatão, por exemplo, foi questionado por alguns pilotos, preparadores e aficcionados do esporte a motor sobre o conhecimento das supostas mudanças que se anunciavam, porém, não havia nenhum indício concreto sobre tais fatos.

Nesta terça (14), dia da volta do recesso do Velopark, uma carta foi enviada pelo então Gerente de Operações do complexo, André de David, anunciando seu desligamento, em função de um novo posicionamento do Velopark junto ao mercado.

Copa Classic foi uma das primeiras categorias a correr no autódromo

Fontes disseram que o Velopark não deverá mais operar com pessoal próprio, apenas funcionar por aluguel. As únicas datas que constam no calendário do site, hoje, são o Brasileiro de Marcas (dia 07 de setembro) e a Stock Car (dia  28 de setembro), ambas categorias da Vicar, que conta com estrutura própria de resgate, etc., o que reforçaria esta tese. Não se sabe, ainda se o Gaúcho de Velocidade e as provas de arrancada continuarão sendo realizadas, nem mesmo o kart de aluguel.

As considerações acima, sobre o qual seria o novo posicionamento e o que deverá funcionar, ou não, são apenas especulações, com base nos fatos e informações obtidas em conversas não-. Uma nota era esperada hoje, esclarecendo qual seria este novo posicionamento do Velopark, mas não houve divulgação. Ano passado circularam estes boatos (leia aqui), mas não havia nenhum elemento concreto. Agora há, a nota de desligamento de De David.

Assim, fica a expectativa da comunidade gaúcha apaixonada por velocidade, para saber exatamente que mudanças serão feitas. Que eles acontecerão, é quase certo. Resta saber quais serão, e o que afetarão. Esperamos que as atividades continuem da forma mais ampla possível. Resta aguardar!

Leia, abaixo, a nota do ex-gerente de Operações, André de David:

"Quando fazemos o que gostamos o tempo passa muito rápido, sentindo o cheiro do óleo 2 tempos do kart (alguém lembra do M-50?), metanol, nitrometano e o barulho dos motores que se torna música para os ouvidos, aguda dos 2 tempos e grave dos “v-oitões” da Stock e dos dragsters, dos monstros da Truck. E muitas alegrias e o sentimento de gratificação vem junto com a realização das atividades, muitas vezes extenuantes, mas como disse, extremamente gratificantes.

Nestes quase 15 anos de empresa trabalhei na organização de muitos eventos, desde a época do Kartódromo de Tarumã em 1999 até agora no Velopark, tendo organizado ou de alguma forma contribuído com Panamericanos, Sulamericanos, Brasileiros e Copa Brasil de Kart, além de diversas provas nos karts de locação; em circuitos foram etapas da Fórmula Renault, Copa Clio, Fórmula 3 Sulamericana, Stock Car, Brasileiros de Marcas e de Turismo, Fórmula Truck, Porsche Cup, GT Sulamericana, Copa Fiat, Fórmula Futuro, Audi DTCC, Gaúchos de Marcas, Endurance, Copa Classic, Copa Fusca, Fórmula 1.6/1.8, Fórmula Júnior, Veloce Cup, VP de Motovelocidade, além de inúmeros eventos corporativos, track days, cursos de pilotagem, test drives e locações para filmagens, se destacando o Supercarros, a Porsche Club e a filmagem dos comerciais do Ford Fusion, com a honrosa presença dos campeões Nelson Piquet e Nigel Mansell. Nesta última fase, trabalhamos bastante para a arrancada tornar-se mais popular e assistida no cenário nacional, através do VP Series e dos Open Days, provendo uma pista digna dos padrões NHRA para a prática do esporte, com a participação dos maiores pilotos da categoria dando diversos shows ao grande público conquistado.

Em função de um novo posicionamento do Velopark junto ao mercado, estou deixando minhas funções e gostaria de agradecer a Deus pela saúde e persistência, a minha esposa e filhos pela paciência e apoio e a todos que neste longo período tive contato, uma infinidade de pessoas que se tornaram amigos a partir dos contatos que tivemos, sejam autoridades CIK/FIA, CODASUR, CBA ou FGA, fornecedores, colegas de trabalho, profissionais de imprensa, promotores de eventos e principalmente os clientes, e é impossível nomear alguém em especial sem deixar de esquecer muitos, então prefiro não nomear ninguém.

Novamente muito obrigado, um ótimo 2014 e um grande abraço!!"

Foto 1: Divulgação
Foto 2: Fernando Nunes/Automobilismo em Foco

6 comentários:

  1. Vai ser mto triste .... se fechar completamente!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Bom gurizada... Quem é o dono da propriedade ? Tipo esta no nome de quem ?

    Não consigo entender isso?

    Que loucura...

    ResponderExcluir
  3. Independente do motivo, temos sim que muito lamentar se isto se concretizar, o que sinceramente não posso acreditar.

    ResponderExcluir
  4. Meu pai sempre me disse que "onde há fumaça, há fogo". Então podemos dizer que as notícias sobre um possível fechamento para competições regionais, não eram apenas boatos.

    Assim foi com o kartódromo, onde simplesmente cancelou-se os eventos já agendados, inclusive, com o Campeonato Brasileiro que lá seria este ano.

    Lamentável.

    ResponderExcluir
  5. OLha, se não cuidarem com o face book sobre esta situação de abandono, o MST e outros vadios vão invadir pois é área improdutiva...

    Tem isso ainda...

    ResponderExcluir
  6. Tao quebrado, essa é a verdade!! O neto dos Gerdau não tem a mínima noção de nada. Já ta com os neurônios queimados faz tempo. Seria melhor vender, antes q perca tudo,

    ResponderExcluir